Saiba o que pode mexer com o mercado de proteínas nas próximas semanas

Os mercados e produtores têm passado por dificuldades nas últimas semanas por conta do avanço do novo coronavírus. De acordo com a pesquisadora do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), Juliana Ferraz, afirma que o mercado de suínos tem sido o mais penalizado a cargo dos cancelamentos de empresas que atendem o mercado de food service, como hotéis e restaurantes. “Apesar do consumo anular se mantendo aquecido, os mercados movimentados, isso tem feito que parte dos agentes estejam reabastecendo e comprando, mas mesmo assim esse movimento não foi suficiente para tentar manter o preço do suíno”, afirma ela.